Consultório Amigo da Amamentação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um lugar de apoio à nutriz e seus familiares

*Moises Chencinski

*Marcus R. de Carvalho

 Nos últimos anos, temos observado inúmeras iniciativas para que mães e lactentes possam usufruir as vantagens do aleitamento materno.

A NBCAL – Norma Brasileira de Comercialização de Alimentos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância, as leis que protegem mães na amamentação em público, a ampliação da licença-paternidade e maternidade nas Empresas Cidadãs, além das já consagradas Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHAC), a Rede de Bancos de Leite Humano, o Método Canguru, a Semana Mundial da Amamentação… E mais recentemente, a instituição do mês do Aleitamento (O Agosto Dourado),  entre outras, foram iniciativas  fundamentais para a promoção, proteção e apoio ao aleitamento.

Mesmo assim, as ações precisam ser aprimoradas, integradas, aperfeiçoadas.  Os serviços públicos são responsáveis por grande parte da atenção à população brasileira. Mas, o que cada um de nós profissionais de saúde e nossas Sociedades, Associações e Conselhos podemos contribuir?

– O que fazemos na prática em prol do sucesso do aleitamento em nossos consultórios?

– O que poderíamos todos fazer a mais para favorecer mães com seus bebês que nos procuram em nossa prática particular para orientar a amamentação?

– Quem de nós está disposto a se comprometer pessoalmente para recuperarmos essa cultura dentro de um espaço sob nossa responsabilidade?

Tomando como inspiração recente publicação da Academia Americana de Pediatria, adaptamos essa proposta, adequando-a à realidade brasileira, para criar, em nossos consultórios, um ambiente de apoio à amamentação.

Visto que mães e bebês são vistos com regularidade por profissionais de saúde em consultas periódicas, desde a gestação até os primeiros anos de vida, criam-se oportunidades ímpares de acolhimento e informação.

Assim sendo, esses profissionais precisam estar preparados para orientar, prevenir, diagnosticar e solucionar problemas relacionadas ao aleitamento, acolhendo e ouvindo as mães em suas dificuldades e apoiando-as em suas decisões.

Assim, estamos lançando a iniciativa Consultório Amigo da Amamentação para que seja assumido não só por Pediatras, mas também, por Obstetras, Odontopediatras, Fonoaudiólogos e todas as categorias que acompanham, com regularidade ou eventualmente, lactantes e lactentes, em consonância com o tema da 25ª Semana Mundial de Aleitamento Materno (2017):

Proteger a amamentação: construindo alianças sem conflitos de interesse!”.

 Veja as recomendações que podemos implementar para ter essa distinção de Consultório Amigo da Amamentação:

1.   Ter uma política (norma) de promoção, proteção e apoio ao aleitamento que seja do conhecimento de todos que trabalham no consultório (Passo 1 / IHAC);

2.   Contar com profissionais capacitados e atualizado periodicamente em manejo clínico da lactação e nas habilidades de aconselhamento (Passo 2 / IHAC);

3.    Orientar sobre aleitamento, avaliação das mamas durante o pré-natal com recomendação de consulta da gestante e seus familiares com pediatra no começo do último trimestre da gestação (Passo 3 / IHAC);

4.   Explicar sobre vantagens do parto normal com clampeamento tardio de cordão, contato pele-a-pele e amamentação na sala de parto e em livre-demanda e a importância do alojamento conjunto (Passos 4, 5 e 7 / IHAC);

5.   Observar uma mamada durante as primeiras consultas e sempre que for necessário (Puericultura), ratificando as recomendações sobre aleitamento materno exclusivo até o 6º mês, e complementar até 2 anos ou mais, com introdução alimentar oportuna e desmame natural (Passos 6 e 8 / IHAC);

6.   Informar as mães sobre a coleta e doação de leite materno desde as primeiras consultas e como manter a amamentação na volta ao trabalho (Passo 5 / IHAC);

7.   Indicar, quando necessário, profissionais experientes (enfermagem, nutrição, fonoaudiologia, odontopediatria, psicologia…) na adesão e manutenção do aleitamento, bem como grupos de apoio éticos (Passo 10 / IHAC);

8.   Estimular a amamentação na sala de espera e na sala de consulta, mas fornecer espaço privado caso seja solicitado;

9.   Não receber fórmulas infantis, mamadeiras e intermediários de silicone de representantes de indústrias e não promover a distribuição de fórmulas, brindes ou materiais informativos das empresas (Passo 9 / IHAC);

 10.    Conhecer e divulgar ações relacionadas ao estímulo do aleitamento materno, como a SMAM, direitos da lactante, leis que protejam a amamentação em público e oferecer fontes de consulta oficiais, reconhecidas e éticas para que os pais possam acessar.

Recomendações de leitura para os profissionais de saúde: 

Manual de Uso de Substâncias e Medicamentos do Ministério da Saúde e www.e-lactancia.org – drogas que sejam permitidos na amamentação https://www.slideshare.net/Marcusrenato/aleitamento-materno-continuado-x-desmame-sbp-departamento-cientfico-2017

https://www.slideshare.net/Marcusrenato/breastfeeding-evidence-for-the-10-steps-to-successful-who-oms

– Você é um profissional Amigo da Amamentação?

http://www.aleitamento.com/amamentacao/conteudo.asp?cod=385

Recomendações de leitura para mães e pais:

Cartilha da Mãe Trabalhadora que amamenta – Orientação sobre a volta ao trabalho

Rede BLH – Fundação Fiocruz – Doação de Leite Humano

www.euapoioleitematerno.wordpress.com

www.aleitamento.com

*Moises Chencinski é Especialista em Pediatria, Presidente do Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade de Pediatria de São Paulo (2016 / 2019). Autor do livro GERAR e NASCER um canto de amor e aconchego. Editor do Blog #Euapoioleitematerno e do Blog Pediatra Orienta da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

*Marcus Renato de Carvalho é Docente do Departamento de Pediatria da Faculdade de Medicina – UFRJ. Especialista em Amamentação pelo International Board Certified Lactation Consultant desde 2001. Coordenador do livro “Amamentação – bases científicas” 4ª. ed. e Editor do Portal aleitamento.com

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s