Quando introduzir a alimentação complementar (frutas, almoço e jantar)?

slide_360645_4037159_free

A atual recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatria é que a alimentação complementar seja introduzida apenas a partir do 6º mês, independente do tipo de aleitamento que o bebê esteja recebendo (materno exclusivo, fórmulas infantis ou aleitamento misto).

Apesar das informações, não é bem isso que se observa nem aqui e nem em outros países, como mostra um artigo publicado em 2013, no Pediatrics, estudando as razões pelas quais as mães introduziam alimentos sólidos antes dos 4 meses de vida, mostrando sua variação de acordo com o tipo de leite que essas crianças usavam.

A pesquisa entrevistou 1334 mães que responderam a uma lista de 12 potenciais justificativas. O resultado foi preocupante e não muito diferente do que as experiências que ouvimos em nossas consultas. Na média, 40,4% dessas mães introduziram alimentos sólidos antes dos 4 meses. A prevalência variou de acordo com o tipo de aleitamento:

  • Aleitamento materno: 24,32%;
  • Fórmula infantil: 52,7%;
  • Aleitamento misto: 50,2%.

Mesmo de forma inadequada, isso mostra que o aleitamento materno ainda previne de forma significativa a introdução precoce de alimentos sólidos. Entre as razões mais citadas para esta introdução precoce de alimentos sólidos, destacam-se:

  • “Meu bebê tem idade suficiente”;
  • “Meu bebê parecia ter fome”;
  • “Eu queria dar ao meu filho algum alimento, além do leite materno ou da fórmula infantil”;
  • “Meu bebê queria a comida que eu estava comendo”;
  • “Um médico ou outro profissional de saúde disse que meu bebê deveria comer alimentos sólidos”;
  • “Ajudaria meu bebê a dormir por mais tempo à noite”.

Mais uma vez, fica clara a nossa responsabilidade como pediatras em relação à informação precoce e constante no que diz respeito à importância do aleitamento materno exclusivo até o 6º mês de vida. A maior parte das causas citadas poderia ter sido evitada caso essas mães tivessem uma orientação mais adequada. O aval do profissional de saúde aparece como um dos fatores mais lembrados para a antecipação da alimentação sólida. Note-se que entre as principais causas não foi citada, por exemplo, a volta ao trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s