Há um jeito certo de o bebê pegar o seio para a mamada?

slide_360645_4037165_free

O bebê precisa aprender a pegar o seio materno de forma adequada para que a sucção seja eficiente. Não adianta abocanhar apenas o mamilo. Assim ele apenas “morde” e não suga. Para uma “pega” adequada, o bebê precisa cobrir toda a aréola mamária (cerca de 2 cm além do mamilo).

A pressão exercida pela sucção será suficiente e eficaz para trazer o bico para o interior da sua boca, aumentando em 2 a 3 vezes o seu tamanho. Instintivamente, ele aprende os movimentos de língua e mandíbula que fazem com que o leite esguiche diretamente na garganta.

O pequenino precisa participar ativamente do ato de amamentar. Afinal de contas, é a sucção correta que estimula os hormônios femininos a atuar sobre a musculatura lisa que reveste os ductos mamários, favorecendo a saída do leite materno”, explica o especialista. O hábito de “chupetar” o bico do seio deve ser evitado a todo custo, pois favorece o aparecimento de rachaduras.

Para prevenir isso, coloque o seu filho em uma posição confortável e estimule-o a esvaziar um peito totalmente antes de oferecer o outro. Dessa forma, a lactação pode se manter por vários meses ainda. Se o bebê se cansa com facilidade, chame-o pelo nome e faça intervalos entre a mamada de cada peito. Ao sugar 15 minutos, ele poderá ser colocado no ombro para descansar e arrotar.

Se ele se satisfez na mamada com apenas um dos seios, na mamada seguinte ofereça o outro, mas, sempre que possível, ofereça os dois seios em cada mamada.

Sugar é instintivo, acalma e dá prazer ao pequeno. Crianças com necessidades orais satisfeitas dificilmente aceitam a chupeta. O apetrecho, portanto, deve ser evitado, pois com o crescimento pode evoluir para formas desagradáveis de deglutição não nutritiva, como roer unhas, morder a extremidade do lápis, sugar o lábio ou a língua. O mesmo vale para a mamadeira.

Além disso, o mecanismo de sucção desses bicos artificiais é bem diferente da técnica da ordenha, que promove o crescimento e o posicionamento correto da mandíbula, do palato, da língua e da musculatura da face, possibilitando boa deglutição e respiração e preparando a criança para a mastigação no futuro.

Tem que ter horário…

Mantenha uma rotina para que o bebê se acostume com a amamentação. Procure um local agradável e confortável para amamentar. Cada bebê tem seu ritmo de mamar. Com o tempo, o seu leite sai mais fácil e ele suga mais forte, o que faz a duração da mamada ser menor. Mantenha um intervalo entre as mamadas de 2 a 4 horas nos primeiros 2 a 3 meses e depois de 3 a 4 horas durante o dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s