Como vencer as dificuldades do início da amamentação?

slide_360645_4037170_free

A baixa produção de leite, a rachadura do bico do seio com sangramento e a mastite – a inflamação das glândulas da mama que pode ser causada pelo acúmulo de leite principalmente na primeira gestação – são alguns dos problemas comuns no início do processo de aleitamento que precisam ser entendidos pelas mães para serem superados.

Segundo o médico, muitos fatores podem ser determinantes na queda de produção e oferta do leite materno. Estresse, alimentação inadequada, ingestão insuficiente de líquidos, sono inapropriado são algumas das condições gerais da vida da mamãe que podem interferir nesse processo. Evite-os, sempre que possível. O estresse, por exemplo, pode diminuir ou até acabar com a produção do leite, que é definida por hormônios do sistema nervoso central.

Como o bebê nesses primeiros meses ainda está em fase de adaptação, seus horários não estão regularizados. O bebê tem necessidade de mamar à noite e para quem não está habituado a interromper seu sono, acordar duas vezes à noite e ficar de 30 a 60 minutos amamentando pode ser uma tarefa difícil. É importante que a mamãe se recupere, dormindo e descansando enquanto o bebê também estiver dormindo e descansando.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s