Sobre os círculos de apoio às mães que estão amamentando

circulos

Os cinco círculos de apoio ao aleitamento materno ilustram o suporte à decisão das mães de amamentarem para que de fato tenham uma experiência positiva. Na Semana Mundial de Aleitamento Materno 2008, já se havia falado destes círculos de apoio como algo vital para as mães: a família e a rede de apoio social, o sistema de saúde, os locais de trabalho e emprego, os governos e a legislação, e as respostas às crises ou emergências; todos eles ao redor das mães.

Mulheres no círculo interno

As mulheres são o centro da campanha e dos círculos porque a presença ou ausência de apoio à amamentação tem impacto direto sobre elas. As mulheres também têm um papel central para assegurar o apoio à amamentação e oferecê-lo a outras pessoas. A Iniciativa Mundial de Apoio às Mães, em sua Declaração sobre Amamentação de 2007, já defendia que as mães são participantes ativas no apoio dinâmico ao aleitamento, sendo tanto provedoras como receptoras de informação e apoio.

Famílias e apoio social

Companheiros/pais/esposos, família e amigos próximos constituem a rede de apoio mais imediata para as mães. O apoio social inclui também a comunidade em locais públicos, contextos religiosos, parques nas vizinhanças, etc. O apoio durante a gravidez reduz as tensões. O apoio durante o parto e o nascimento fortalece as mulheres. O apoio da sociedade aumenta a confiança das mães em si mesmas e em sua capacidade de amamentar não apenas nas primeiras semanas ou meses.

Sistemas de saúde

Os sistemas de saúde podem oferecer diversos serviços para apoiar o aleitamento materno, tais como o cuidado pré-natal amigável, o acompanhamento durante o parto e o nascimento, os serviços de pós-parto e de cuidados pós-natal. Profissionais de saúde capacitados nas habilidades de aconselhamento apoiam as mães antes e depois do parto.

Locais de trabalho e emprego

As mulheres que trabalham fora enfrentam desafios particulares e necessitam de apoio para poder trabalhar e amamentar ao mesmo tempo. As oportunidades de apoio dependem das formas de trabalho, porém usualmente envolvem formas de facilitar o contato mãe/bebê em creches e para ordenha e armazenamento do leite materno.

Governos/Legislação

As mulheres que planejam amamentar ou que já o fazem podem beneficiar-se dos documentos internacionais que protegem a alimentação infantil. Legislações que protejam a sociedade do marketing agressivo de pseudo-substitutos do leite materno e licenças-maternidade remuneradas, inclusive para os pais (licenças-paternidade remuneradas, além dos 5 dias atuais), são outros benefícios possíveis que podem ser assegurados.

Respostas a crises e emergências

Este círculo de apoio representa a necessidade de apoio quando as mulheres encontram-se em uma situação inesperada ou muito séria que limite seu controle sobre a amamentação. Estes momentos – desastres naturais, campos de refugiados, processos de divórcio, doença crítica da mãe ou do bebê ou quando se vive em uma área de alta incidência de HIV/ AIDS sem apoio à amamentação – requerem planejamento e apoio especial do Estado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s