Conheça as vantagens do aleitamento materno exclusivo

breastfeeding-outdoors

Apesar da importância do tema, da evolução da ciência favorecendo pesquisas e novas descobertas e de cada dia mais termos a certeza dos benefícios do aleitamento materno, quase que diariamente temos que travar uma luta neste campo.

Em 1980, quando foi criado o grupo Amigas do Peito, pela atriz Bibi Vogel, fiquei indignado e respondi uma matéria escrita em uma revista (não me recordo qual), que defendia que os pediatras eram os maiores responsáveis pelo desmame precoce.

Recebi uma resposta com estatísticas estarrecedoras sobre o assunto e, desde então, tenho me proposto a estimular, de todas as formas possíveis, o aleitamento materno, agora desde a primeira hora, exclusivo até o sexto mês de vida, em livre demanda e prolongado até dois anos de idade (ou mais).

Em minha prática diária de consultório observo, entre entristecido e decepcionado, que essa situação não se modificou de forma significativa nesses últimos 30 anos, mesmo com a instituição de políticas mais favoráveis a uma mudança.

Ainda temos maternidades de grande peso e de reconhecida capacidade técnica aqui em São Paulo que, além de não estimularem o aleitamento materno, chegam a estimular a prática do aleitamento artificial para mães que desejam amamentar. Estas instituições chegam ao cúmulo de orientar as mães a oferecer complemento caso o recém-nascido passe duas mamadas sem urinar ou oferecer apenas um seio por mamada (prática não recomendada pela Sociedade Brasileira de Pediatria, por exemplo).

Além disso, assim como outros colegas pediatras com quem tenho contato, atendo pacientes que já passaram por outros profissionais não comprometidos com o estímulo ao aleitamento materno exclusivo (AME) até o sexto mês de vida, prática recomendada pela OMS, pela UNICEF, pelo Ministério da Saúde e pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP).

E ao primeiro sinal de dificuldade, optam por ensinar as mães a complementar a mamada com leites artificiais em detrimento de dedicar algum tempo a mais de seu atendimento a orientar formas viáveis de estimular e manter o AME, promovendo a saúde e prevenindo quadros comuns nos dias de hoje como alergias alimentares, obesidade infantil, e anemia dentre muitas outras doenças.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s